Também temos cantadores desafinados !

         Por Daniel Amaral

As cantigas ao desafio                        

Nos cantadores agora!                     

Já não têm aquele brio                      

Que se notava outrora.  

                   

Hoje  alguns  cantadores                      

E alguns que tocam viola!                 

Estão perdendo seus valores             

Como os jogadores da bola.                

 

Cantam  ao som da viola                     

Parecem às vezes crianças!                  

Como jogadores da bola                   

Que jogam pelas finanças.                 

 

Os cantadores de agora                       

Já não têm tanto valor!                        

Estão subjugados  agora                  

Por um parasita escritor.                    

 

Há  por  aí  uns  Senhores                   

Fazem-se pessoas amigas!                 

Exploram  os  cantadores                   

Pra  viverem das  cantigas.                  

 

Há  dois  Josés  sem brios             

Nas cantigas querem tronos!              

E nas cantigas  aos  desafios               

Querem ser os próprios donos.           

 

Há  nove  Josés  Cantadores                 

Que têm  mente  improvisada!               

Quatro são autênticos Senhores         

Cinco não prestam pra nada.          

 

Num cinquenta Aniversário

Cinco mostraram  má  fé!

Porque foram ao contrário

Da homenagem doutro José.

                                                            

Vejam   bem a qualidade

Pensem bem nisto eu digo!

Mostraram tanta falsidade

Desprezando  um  amigo.

 

Quatro Josés  controlados

E um outro José toca viola!

Todos os cinco subjugados

Obedecem à mesma escola.

 

Os dois Josés  sem  valor

Pertencem à mesma escola !

Um  pensa  que  é escritor

O outro pensa que toca viola.

 

Desprezam um companheiro

Numa  verdadeira  traição!

Tudo por causa do dinheiro

Traiem também a tradição.

 

Todos foram convidados

Para um 50º Aniversário!

Os padrinhos e afilhados

Foram todos ao contrário.

 

Há  dois  Josés  lidadores

Nas cantigas querem mandar !

Controlam  os  cantadores

Quando devem ou não cantar.

 

São cinco Josés controlados

Muita gente não acredita !

Todos  são  subjugados

A um escritor parasita.