O Rancho Folclórico Infantil “Estrela do Mar” de East Providence, Estado de Rhode Island, Estados Unidos da América

 

Por Daniel Amaral

 

Foi Fundado em 1984 por mim,  meu  filho Victor Amaral,

Juntamente com  a Sra. Zélia Pacheco e a sua filha Lory Pacheco.

 

O Sr. Dinis Paiva, emigrante natural de Porto Formoso, São Miguel, Açores,  era naquela altura, proprietário do  popular  Restaurante  “ Estrela do Mar”,  na cidade de East Providence e   foi um dos principais colaboradores do nosso Rancho Folclórico Infantil.

 

Foi o Sr. Dinis Paiva que ofereceu as instalações para os treinos do Rancho mesmo no seu próprio Restaurante situado no Broadway, em East Providence, Rhode Island. Foi esta a razão que eu quis que o nosso Rancho Infantil tivesse o nome do próprio Restaurante “Estrela do Mar”!

 

Trajes:

Os primeiros trajes  foram feitos pelas costureiras: Senhoras: Lourdes Lima Ferreira, (Mãe do famoso Guitarrista Viriato Ferreira), Maria José Medeiros Amaral (minha Irmã), Maria Nunes e ainda por outras mães das criancinhas.

Os primeiros trajes folclóricos eram compostos por uma saia de Cetim Vermelho e uma blusa de Cetim Branco, com alguns enfeites para as meninas, com uma sapatinha.

 

Os meninos usaram os trajes com uma calça azul cor da marinha e uma camisa branca. O calçado,  no principio  do Rancho começaram com o seus próprios sapatos. Depois mais tarde foi mudado para botas.

 

O Sr. Dinis Paiva, um dos  grandes Artistas da Nossa Comunidade,  além de oferecer as suas instalações para os treinos, ainda ofereceu as peças das fazendas para as Costureiras fazerem os trajes para todos os dançarinos.

 

 

Rancho Infantil Estrela do Mar  a actuar no Restaurante Estrela do Mar

 

Treinadoras:

Os primeiros treinadores do Rancho foram: Zélia Pacheco, Regina Furtado e Nélia Alves.

 

A história da fundação do Rancho Folclórico Infantil “Estela do Mar”:

 

Tive sempre um certo gosto para a música folclórica da minha terra natal.  Talvez por isso em 1980 tornei-me vocalista no Rancho Folclórico “Ilha Verde” que já  existia na Igreja de São Francisco Xavier, em East Providence, Rhode Island.

Apercebi-me também naquela altura que o meu filho Victor Amaral,  tendo apenas 12 anos  de idade,  começou  a mostrar bom  gosto pela  a  música folclórica  e por isso  resolvi incluí-lo  também no Rancho Folclórico  “Ilha Verde”. Começou  a fazer parte da secção musical do Rancho,  tocando acordeão e em pouco tempo  aprendeu muito bem  as músicas açorianas e continentais que o Rancho Folclórico “Ilha Verde” estava  a usar nas suas danças. Além de vocalista deste grupo eu comecei também a escrever poemas humorísticos para serem usados em certas cantigas do Rancho. O público tomou-lhe  o gosto e eu também  de tal modo  que continuei com esta veia poética durante vários anos  a tal modo  que muitos dos poemas que escrevi vieram a ser publicados no meu livro de poesias  intitulado “Pérolas Poéticas Açorianas, Rosário da Saudade”. 

 

 

Actuação do Rancho Infantil Estrela  do Mar  em honra da Companhia "American Insulated Wire," no Restaurante Estrela do Mar

 

Em 1984 como o Rancho Folclórico  “Ilha Verde” começou a enfraquecer,  porque os jovens  do rancho começaram a olhar para a sombra….começando a namoriscar..   faltando aos ensaios,   eu apercebi-me que este rancho, que tanto bem tinha feito a tantas criancinhas,   tinha o destino marcado de morrer!...

Reconheci também naquela época que com os músicos da casa que já possuíamos -- o meu filho Victor Amaral e o meu afilhado António Martins de Medeiros  além de bons acordeonistas eram também vocalistas --- decidi formar um outro Rancho Folclórico Infantil,  fora  da Igreja,  para aproveitar outra camada  de jovens  e  foi assim que nasceu o Rancho Folclórico Infantil que viemos a baptizar de “Estrela do Mar”.

 

Entretanto enquanto fazia parte do Rancho Folclórico “Ilha verde”, organizei uma peça   teatral que se chamava “O Cavalheiro Respeitável” mais o meu grande amigo João Almeida, que hoje se encontra estabelecido no Pico da Pedra, em São Miguel – Açores. Foi ensaiador desta peça o Sr. Carlos Pacheco. Foi nesta Peça de Teatro, quando conheci a Sra. Zélia Pacheco e a Sra. Maria Realejo. Elas eram também personagens desta Comédia e foi por causa desse conhecimento que conversei com a Sra. Zélia a ideia de formarmos um novo Grupo Folclórico. Se a nossa ideia fosse para a frente teríamos que arranjar um local diferente  da Igreja de São Francisco Xavier para os ensaios.   Foi nesta altura que o Sr.  Dinis  Paiva nos ofereceu  as facilidades no seu restaurante  para iniciarmos os ensaios  das danças do grupo infantil.

 

 

Conjunto do Rancho Folclórico Infantil "Estrela do Mar"  sob a Direcção do Daniel Amaral,  com as criancinhas, tocadores,  vocalistas, ensaiadores  e  ainda  alguns familiares, no ano 1988, no Auditório da Igreja de São Francisco Xavier,  em East Providence, R. I.

 

Estivemos três anos no Restaurante “Estrela do Mar”. Tivemos que nos mudar para a Igreja de São Francisco Xavier em 1987, porque o restaurante  “Estrela do Mar” entrou em reparações  e depois foi trespassado para outros proprietários. Eles  queriam que nós voltássemos,  mas nós estávamos bem nas instalações da Escola “Rego Auditório” de São Francisco Xavier. O Srs. Padre Victor Vieira  e Padre John  Baker adoravam ver aquele Rancho Folclórico Infantil lá e como se tratava dum lugar mais próprio para a educação das crianças, todas as pessoas envolvidas na nossa Organização desejavam ficar, porque sempre era um lugar seguro  da Igreja.

 

Em 1988 a Senhora Zélia mudou-se para o Rancho Folclórico Infantil  Lusitana em Cumberland. R.I .  Rancho esse que agora se chama Rancho Folclórico Infantil de Nossa Senhora de Fátima.

Ensaiadora Maria Margarida Lopes Murin

 

Nova Ensaiadora

 

A Sra. Maria Margarida Lopes Murin, Senhora muito sabedora de Folclore, começou em 1988 a ser a nossa Directora das Danças. Esta Senhora era diplomada pela  Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, em Línguas e Literatura Inglesa e alemã, mas também era uma  conhecedora  apaixonante pelo  coral e  pelas  danças.  

Ela deu uma grande reviravolta a todo o Rancho. Numa viagem que fez ao Continente Português, trouxe muitas vestimentas folclóricas originais de algumas

Províncias Portuguesas  e também lenços tradicionais para todas as meninas... Calças, camisas, chapéus e sapatos para os meninos. etc.

Daqui  por diante o Rancho começou a ter outra face e entusiasmo  e ainda esteve em acção até 1991. A nossa Directora das danças, por causa do seu trabalho,  largou de exercer as funções porque foi colocada como professora em Framingham, Massachusetts  e tornava-se  trabalhoso para ela  ir e vir aos treinos e actuações todos os fins de semana.

 

Sucedeu porém que para mim devido a minha responsabilidade ter aumentado no meu emprego porque tinha que estar no meu trabalho mais horas, devido a ser o encarregado do  Departamento como Supervisor  por isso tornou-se impossível eu continuar.  Ainda contactei algumas pessoas para ver se queriam assumir a responsabilidade de continuar com o Rancho, mas ninguém teve a coragem de enfrentar este trabalho. Com muita pena o meu envolvimento tornou-se impossível e tive que largar aquilo que eu tanto gostava e adorava -- o  nosso  Famoso Rancho Folclórico Infantil ”Estrela do Mar” que deixou um nome bonito  na História  da Comunidade Portuguesa do Estado de Rhode Island.

 

 

As crianças a actuar no  Brightridge Club,   em East Providence, em 1986

 

Desde 1991, até agora já se passaram muitos anos. Os rapazes e raparigas  e todas as  criancinhas que fizeram parte do Rancho Folclórico  “Estrela do Mar”, muitos deles já são pais, com   criancinhas  agora iguais àquelas quando eles foram artistas dançarinos que encantaram com as suas actuações tantos milhares de   espectadores.

Parabéns, rapazes e raparigas, pela vossa participação,  assim como  a todos os vossos  familiares! Bem-hajam!

 

 

Nomes de todos os participantes do Rancho Folclórico Infantil  "Estrela do Mar"

 

                   Rancho Folclórico Infantil “Estrela do Mar”

                          East Providence, Rhode Island

                                 Desde 1984 até 1991

Fundador e Organizador......................... Daniel Amaral 

Fundadora e Treinadora do Rancho.......Zélia Pacheco                                                     

Directora do Rancho e Vocalista............ Margarida Lopes,

Secretária  do Rancho e Vocalista...........Nélia Alves 

Tesoureira e Treinadora do Rancho.......Regina Furtado

Vocalista ..................................................  Maria Realejo

Acordeonista e Vocalista........................ Victor Amaral

Acordeonista e Vocalista .......................  António Martins de Medeiros

Acordeonista ..........................................  Manuel Agostinho

Acordeonista ........................................... José Teixeira

Guitarrista  .............................................  Manuel Flora Mendonça

 Viola ........................................................ António Alves

Os Dançarinos por ordem alfabética.

Um total de 51 criancinhas pertenceram

ao nosso Rancho Folclórico Infantil

 Os Dançarinos - Meninos e Meninas que pertenceram

ao Rancho Folclórico Infantil “Estrela do Mar”

                           Por Daniel Amaral

 

Sandra Alves

Pedro Agostinho

Nuno Agostinho

Paula Andrade

Tony Andrade 

Many Andrade 

Paula Amaral

Denise Bairos

Carolina Botelho

Nelson Cabral 

Alice Cote

Many Caramelo 

Karie Cunha

Kevin Cunha

Helder Cunha

Jennifer Cunha

Elizabeth Dias

Rui Dias 

Victor Dias

Lidia Ferreira

Patrícia Ferreira

Jessica Ferreira

Jason Ferreira

Maria Ferreira

Marlon Fernandes

Délia Furtado

Marco Gouveia

Rita Galvão

Sandra Garcia

Rachelle Lima

Diana Medeiros

Bobby Medeiros

William Medeiros

Teresa Medeiros

Melissa Medeiros

John Mendonça

Tony Mendonça

Eddy Mendonça

Lory Pacheco

Júlio Paiva

Gabriela Paiva

Lenny Resendes

Sónia Rocha

Marco Ramos

Jakie Ramos

Steve Ribeiro

Elizabeth Rodrigues

Belina Sousa

Susana Silva

Nuno Silva

Sandra Valente

 

Tivemos ainda pessoas que ajudaram no Rancho

-José Cabral,

-Fátima Amaral

-José Ramos e Esposa

-Natália Paiva

-Maria Simas e filhas

Dinis Paiva ofereceu os primeiros trajes para principiar o Rancho. Ofereceu as instalações para os treinos das danças mesmo no seu restaurante. Lourdes Lima Ferreira, (mãe do Viriato Ferreira, guitarrista) e Maria José Medeiros Amaral, minha irmã, fizeram os primeiros trajes do Rancho.